Páginas

terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Alguns Loucos Se Casam No Outono

Uns estão presos no Inverno, outros já estão na Primavera. Eu particularmente estou no Outono: As folhas amareladas, o céu cinzento, sisudo.
As estrelas parecem brincar de pique-esconde; a lua, pálida, gripada, se cobre com véu nublado. Amanhã tem casamento de loucos. Sim, só os loucos se casam no Outono, quando o céu resolve chorar. Atchim! - Esta gripe que não passa... É dor no corpo inteiro, preciso de um suco de laranja.
A febre e os delíros já devem passar, meu filho, não é hora de ficar triste, ou chorar... Isso é tão ano passado, beba seu suco.
Ano passado foi Inverno, hoje é Outono, então presumo que amanhã será Verão, umas das estações que menos gosto... O suco está amargo, quero mais açúcar.
Amargo faz bem, está bem? Vê se trata de beber o suco sem reclamar.
Outono amargo, dos loucos, só os de-lua se casam no nublado. Não acabei de beber as lágrimas do céu, eu não tinha pedido mais açúcar?
O delírio já vai passar, filho, tenha pressa.
Você quis dizer NÃO tenha pressa, não?
Foi o que eu disse. Agora durma, amanhã é Verão.
Está bem, bons sonhos para você. Já te disse que meus pais se casaram no Outono? Eu nasci no Inverno...

Um comentário:

  1. Muito louco...rs

    Eu marquei com flor, te acho genial!

    ResponderExcluir